domingo, 25 de março de 2012

Morando em BH

Belo Horizonte e uma cidade linda, centro bem cuidado, prédios bonitos, um mercado central fantástico e o melhor de tudo a, Lagoa da Pampulha - lar dos bem afortunados e das capivaras.
Pois e, isso mesmo, capivaras.
Certa noite, procurando algo para comer depois do espetáculo, fui parar as margens da lagoa e nada de achar o que comer. Pra ser sincero, ate que tinha um tal de churrasquinho, mas a musica que tocava la dentro não me agradava e fiquei pensando nos espetinhos, quase certeza que eles não iam me agradar também.
Bom, já havia desistido de comer, pois que percebi que em BH, pelo menos na região em que moro, aos domingos não tem muitas opções não.
Foi ai que me deparei com as capivaras, naquela hora, quase madrugada, fazendo sua refeição as margens da lagoa, me deu uma invejinha delas...Achei lindo ver capivaras tranquilas passeando pela calcada procurando uma graminha aqui, uma arbusto ali.
Moral da historia, domingo em BH depois da meia noite, perto da Pampulha ou você e capivara ou num vai comer bem não.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

PROMESSAS DE FINAL DE ANO

Este ano passou muito rapido.
Nao convivi com meus amigos como eu queria, nao vivi de fato como eu queria.
Tive tanta coisa pra escrever aqui, mas quando tinha tempo sobrando havia muita coisa pra fazer e acabava que nunca conseguia postar nada.
Portanto, PROMETO, pra mim mesmo, que em 2012 postarei tudo que tiver vontade.
Afinal geralmente so eu mesmo leio.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Europeu sabe viver bem...

video

ISSO É BOM!!!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

DIA DOS NAMORADOS

Pra quem me conhece bem , sabe que sou moço caseiro, prefiro ficar em casa do que sair pra badalar. Na verdade, nunca gostei, mas já freqüentei muito, como diria Eduardo Dusek.

Agora prefiro ficar em casa do que sair.

Nesse último sábado foi dia dos namorados, data comercial etc.

Mas a gente se influencia.

Tenho um primo que me pediu pra ficar em casa (ele é do interior) com a namorada. Como o meu irmão ( que mora comigo) ia passar o festejo com a namorada num hotel, achei que podia quebrar o galho do primo, já que na tenho nada pra comemorar nesse dia. Resolvi dormir no meu trailler no circo.

Mas, pensei : Pô, deprimente ficar sozinho no dia dos namorados.

Fui pra Trash80´s, a única balada que curto de fato.

Cheguei cedo, mas já peguei uma filinha na entrada. Estava lá na fila conversando com o Christian e com a “ tia” - os hostess quando ela surgiu. Chegou cheia de autoridade pedindo pra chamar o gerente, que logo apareceu e disse ao hostess que ela era VIP da casa, sempre! Já gostei da moça.

Ela entrou.

Entrei logo em seguida. Peguei uma cerveja e fui para o andar de cima, onde podemos ver todos os trashers. Eis que ela passa por mim e dá uma risadinha. Pensei : Caralho, ela tá me dando mole e é linda. Salve Santo Antônio! Ela desceu.

Desci e fiquei perto dela. Logo chegaram uns três caras do lado dela. Fiquei na minha, discreto e tímido, como sempre. Olha que fiquei bastante tempo dançando sozinho perto dela, sentindo que logo um dos caras ia chegar perto dela e começar a beijar aquela boca linda. Mas nada disso. Num momento uma outra moça me assediou, mas nem ouvi o que ela disse, tão fixado na VIP que eu tava. Ignorei!

Daí ela chegou perto de mim e parou de dançar. Num ímpeto inimaginável falei pra ela :

Olha se você ficar paradinha assim na minha frente num vou resisitir. Ela colocou a cabeça no meu ombro.

Daí pra frente...foi o melhor dia dos namorados dos últimos anos.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Fotografia

Sempre gostei muito de fotografia.
Mas essa história de ter uma máquina sempre à mão é uma coisa complicada, principalmente na cidade de São Paulo. Mas com essa tal de convergência de mídias, fica mais fácil.
Essa foto tirei com meu celular, é a antena da Globo que fica no prédio da Gazeta. Estava saindo da FNAC e achei bacana o reflexo no prédio.
To adquirindo uma máquina fotográfica bacana, quem sabe me dedico mais a fotografia.